quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Cartas que nunca serão entregues

" Hoje pensei em você. Me surgiu como um vulto. Foi a sensação horrível de estar te esquecendo aos poucos. Não lembrar do seu jeito, de quem você era comigo. Te amei de forma sólida e madura. Por que seus sentimentos oscilam ao menor vento? Por que você causou tanta dor na pessoa que sempre desejou o melhor para você? Você tem ideia do que fez, ou você pensa estar certo? Foi muito o que sofri por você. De todas que passaram pela sua vida, fui a que menos mereceu esse sofrimento. Às vezes, te odeio."

Um comentário:

Gabre M.Benetdit disse...

eu meu lembro quando em 2009 vc me falou sobre seu Blogger. Eu levei 5 anos para finalmente vê-lo rsrs' e Cá entre nós eu não mostrei muito interesse aquele dia que estávamos falando sobre ele na escola, mais vc fala muito bem, expressa muito bem os seus sentimentos Gi. Bjos ass; Emo